domingo, 27 de setembro de 2009

Do desabafo

Quando a calma não te segura
e sai da garganta a voz áspera
Irrompa, discurse amarguras
desabafe.

Um comentário:

Diego Augusto disse...

Desde que o mundo é mundo, só podemos desabafar para nós mesmos (pessoa importante que raramente procuramos - por medo). Os bons (como eles se acham) estão preocupados demais com paz para ouvir qualquer coisa que não represente mais um degrau - para ele(s) - subirem em direção à mais sucesso, poder, %@¨@#%#&*. Oh yeah.