quarta-feira, 22 de julho de 2009

Da desilusão

E do amor gritou-se o escândalo
do medo criou-se o trágico
no rosto pintou-se o pálido
e não rolou uma lágrima.

Nota: Esse trecho é retirado da música Rosa-dos-ventos de Chico Buarque.

Um comentário:

Walter disse...

[...]
E a multidão vendo atônita
Ainda que tarde
O seu despertar