terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Guardanapo de papel XXXI

Pecado é a minha prece, e a minha pressa, não serem atendidas.

2 comentários:

Alisson da Hora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Lima disse...

Muita força condensada em um verso. A leitura doeu. E se provocou dor, a dor é boa...