domingo, 13 de novembro de 2011

Guardanapo de papel XXIV

Nós talvez pudéssemos ser o resultado dos carinhos teus nos meus cabelos.

2 comentários:

Roberto Borati disse...

você, heim, dona fernanda...

é ótimo ver que seus guardanapos não se esgotam.

Alisson de Ramos disse...

Olá Fernanda...

breves momentos nos vimos... e logo percebi sua magna amplitude de intenções e esforço... inteligência e dedicação...

Gostei das coisas que li aqui... simples e profundas... irradiam uma alma que compreende a eterna busca de sentido às coisas do mundo à nossa volta...

Abraços... seu esforços estão valendo a pena...