segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Guardanapo de papel XI

O gozo dela estava na gozação da vida, o prazer era isso, era o rir, do mundo, dos outros e de si mesma.

3 comentários:

DanDi disse...

Afinal, nascemos do gozo e vivemos gozando, mesmo sem saber.

Camila Fontenele disse...

Ridiculo é quem não ri de si mesmo.

Alicia disse...

Sábia arte.